domingo, 24 de fevereiro de 2013

Circulando

Eu sei que eu tenho que te deixar ir. Nada seria mais injusto do que te prender aqui. Você merece muito mais do que essa confusão que se passa dentro de mim. Se nem eu entendo, como posso pedir para que você me compreenda? Como posso dizer para você ficar, se não sei aonde que estou te colocando? Mas dizer adeus...

Não sei de onde tirar forças para te mandar embora. Eu sei que não importa o que eu diga, você sabe que não quero ficar longe. Dizem por aí que o que importa mesmo é o sentimento. Ah, mas se fosse só isso seria tão fácil! Se fosse só dizer que quero acordar e dormir do seu lado... não sobraria dúvidas.

Sou eu é quem complico? Já ouvi muito que mulher é complicada. Mas será que estou errada de querer o melhor caminho para você e de achar que este não é ao meu lado? O seu sorriso é tão encantador! O brilho dos seus olhos ilumina qualquer ambiente! Só de lembrar dos seus beijos me arrepio dos pés à cabeça! Não me sai dos pensamentos o timbre da sua voz que canta pra mim...

Quero seguir, andar pra frente sem olhar pra trás. E se o caminho for um círculo? Então, eu volto. Vou fechar os olhos e andar; deixo você aonde está e sigo... se tiver demorando, eu aperto o passo, corro, viro maratonista. Os ponteiros do relógio vão sempre pra frente e voltam sempre para o mesmo lugar. O tempo vai passar, mas espera! De passo em passo, eu volto pra você!

6 comentários:

Joyce disse...

Ainda bem que minha cota de choro após ler seus textos já foi preenchida se não...

Rafaela disse...

lindolindolindo le <3 como sempre!

Puma disse...

Triste, mas belo!
Beijos do seu fã!

Paula Mata disse...

Que seja um círculo então, contanto que não seja vicioso. :)

Camilla disse...

Ah, se a vida fosse só sim ou não... Que beleza seria. Mas sempre tem um talvez, não sei, quem sabe mais tarde...

Marina disse...

Maldito círculo. Sabe que volta e meia eu volto a ler aquele "Desaconstumar-se" e revivo o sentimento que passara de meia-volta, sem mal chegar a se completar, um quase círculo, uma volta incompleta. Pelo menos não foi círculo. Pelo menos foi meio assim, sei lá...

Contador de Visitas